sábado, 13 de fevereiro de 2016

Farinha do mesmo saco

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

TAMOS EM UMA GUERRA CONTRA ESSE MOSQUITO TODO CUIDADO É POUCO Ministério da Saúde confirma terceira morte pelo vírus da zika

Paciente era uma jovem de 20 anos, do município de Serrinha.
Morte foi em 2015, mas resultado dos exames saiu quase 1 ano depois.

Do G1, em São Paulo
O Ministério da Saúde confirmou a terceira morte pelo vírus da zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, no Brasil.
O paciente era uma jovem de 20 anos, do município de Serrinha, no Rio Grande do Norte. Ela ficou internada em Natal durante 11 dias com problemas respiratórios. A morte foi em abril do ano passado, mas o resultado dos exames saiu apenas agora.
No final de novembro, o Instituto Evandro Chagas confirmou o primeiro caso de morte pelo vírus da zika no Brasil. A vítima foi um homem que morava no estado do Maranhão. Segundo os especialistas, o paciente tinha lúpus, uma doença que afeta o sistema imunológico, e por isso não resistiu à zika.
O segundo caso de morte ligada ao vírus da zika foi o de uma menida de 16 anos, do município de Benevides, no Pará. O comunicado foi feito pelo ministério no dia 28 de novembro.
Ela morreu no final de outubro. Os dados mostram que os sintomas começaram em 29 de setembro, e que a coleta de sangue foi feita sete dias depois, quando o caso foi notificado, em 6 de outubro. Ela apresentou dor de cabeça, náuseas e petéquias (pontos vermelhos na pele e mucosas). "O teste foi positivo para o vírus, confirmado e repetido", disse o ministério na ocasião.
A doença é transmitida pela picada dos mosquitos da família “aedes”, a mesma que transmite dengue e a febre chikungunya. A prevenção é evitar lixo acumulado e não deixar água parada como criadouro de mosquitos.
Casos de microcefalia
O Ministério da Saúde também confirmou no final do ano passado
a relação entre o vírus da zika e o surto de microcefalia na região Nordeste. Na época, o Instituto Evandro Chagas, na capital paraense, encaminhou o resultado de exames realizados em uma bebê, nascida no Ceará, com microcefalia e outras malformações congênitas. Em amostras de sangue e tecidos, foi identificada a presença do vírus Zika.
A partir desse achado do bebê, o Ministério da Saúde passou a considerar confirmada a relação entre o vírus e a ocorrência de microcefalia. Essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. As investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer questões como a transmissão desse agente, a sua atuação no organismo humano, a infecção do feto e período de maior vulnerabilidade para a gestante. Em análise inicial, o risco está associado aos primeiros três meses de gravidez.
zika jornal hoje (Foto: TV Globo)Mosquito aedes, que transmite o vírus da zika (Foto: TV Globo)
Veja perguntas e respostas sobre o vírus da zika:

Como ocorre a transmissão?
Assim como os vírus da dengue e do chikungunya, o vírus da zika também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

Quais são os sintomas?
Os principais sintomas da doença provocada pelo vírus da zika são febre intermitente, erupções na pele, coceira e dor muscular. A evolução da doença costuma ser benigna e os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente em um período de 3 até 7 dias. O quadro de zika é muito menos agressivo que o da dengue, por exemplo.

Como é o tratamento?
Não há vacina nem tratamento específico para a doença. Segundo informações do Ministério da Saúde, os casos devem ser tratados com o uso de paracetamol ou dipirona para controle da febre e da dor. Assim como na dengue, o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina) deve ser evitado por causa do risco aumentado de hemorragias.

Qual é a relação entre o vírus da zika e a microcefalia?
A relação entre zika e microcefalia foi confirmada pela primeira vez no mundo no fim de novembro pelo Ministério da Saúde brasileiro. A investigação ocorreu depois da constatação de um número muito elevado de casos em regiões que também tinham sido acometidas por casos de zika.

A evidência crucial para determinar essa ligação foi um teste feito no Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado ao Ministério da Saúde no Pará, que detectou a presença do vírus da zika em amostras de sangue coletadas de um bebê que nasceu com microcefalia no Ceará e acabou morrendo.
Como a situação é muito recente, ainda não se sabe como o vírus atua no organismo humano, quais mecanismos levam à microcefalia e qual o período de maior vulnerabilidade para a gestante. Segundo o Ministério da Saúde, as investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer essas questões.
Quais são as recomendações para mulheres grávidas?
O Ministério da Saúde orienta algumas medidas para mulheres grávidas ou com possibilidade de engravidar tendo em vista a ocorrência de casos de microcefalia relacionados ao vírus da zika.

Uma delas é a proteção contra picadas de insetos: evitar horários e lugares com presença de mosquitos, usar roupas que protejam a maior parte do corpo, usar repelentes e permanecer em locais com barreiras para entrada de insetos como telas de proteção ou mosquiteiros.
É importante informar o médico sobre qualquer alteração em seu estado de saúde, principalmente no período até o quarto mês de gestação. Um bom acompanhamento pré-natal é essencial e também pode ajudar a diminuir o risco de microcefalia.
Como é feito o diagnóstico da zika?
Ainda não há um teste padrão para diagnosticar a doença. “Como o zika é novo, não temos uma padronização nos testes. Para se ter certeza do diagnóstico, é preciso usar a técnica de PCR, que é complexa e não está disponível no mercado”, diz Rodrigo Stabeli, vice-presidente de Pesquisa e Laboratórios de Referência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

No Brasil, somente três unidades da Fiocruz, além do Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, têm a capacidade de fazer esse exame. “Esses laboratórios têm a missão de desenvolver um método melhor de diagnóstico para suprir esse problema epidemiológico”, diz Stabeli.
Enquanto não existe um teste padrão, o diagnóstico nas regiões em que já se constatou a presença do vírus vem sendo feito por critérios clínicos.
Quais são as medidas de prevenção conhecidas?
Como o vírus da zika é transmitido pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito que transmite a dengue e o chikungunya, a prevenção segue as mesmas regras aplicadas a essas doenças. Evitar a água parada, que os mosquitos usam para se reproduzir, é a principal medida.

Em casa, é preciso eliminar a água parada em vasos, garrafas, pneus e outros objetos que possam acumular líquido. Colocar telas de proteção nas janelas e instalar mosquiteiros na cama também são medidas preventivas. Vale também usar repelentes e escolher roupas que diminuam a exposição da pele. Em caso da detecção de focos de mosquito que o morador não possa eliminar, é importante acionar a Secretaria Municipal de Saúde do município.
Por enquanto, não existe vacina capaz de prevenir a infecção pelo vírus da zika.
Qual é a diferença entre dengue, chikungunya e zika?
Os vírus da dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti, e levam a sintomas parecidos, como febre e dores musculares. Zika e dengue são do gênero Flavivirus, já o chikunguna é do gênero Alphavirus.

As doenças têm gravidades diferentes. A dengue, que pode ser provocada por quatro sorotipos diferentes do vírus, é caracterizada por febre repentina, dores musculares, falta de ar e moleza. A forma mais grave da doença é caracterizada por hemorragias e pode levar à morte.
O chikungunya caracteriza-se principalmente pelas intensas dores nas articulações. Os sintomas duram entre 10 e 15 dias, mas as dores articulares podem permanecer por meses e até anos. Complicações sérias e morte são muito raras.
Já a febre pelo vírus da zika leva a sintomas que se limitam a no máximo 7 dias. Apesar de os sintomas serem mais leves do que os de dengue e chikungunya, a relação do vírus com a microcefalia e a possível ligação com a síndrome de Guillain-Barré tem trazido preocupação

SONOPLASTA DA RÁDIO FM VIDA MORRE EM ACIDENTE DE TRANSITO EM MARTINS-RN


RENATO OLIVEIRA:  FOTO DO FACEBOOK 
Na noite desta quarta-feira(10), por volta das 21h00, Renato Oliveira, seguia pela Rua Getúlio Vargas, no Bairro da Cohab na cidade de Martins/RN conduzindo sua motocicleta e ao passar em uma lombada construída recentemente perdeu o controle de direção e caiu, ficando gravemente ferido, sendo socorrido para a unidade mista de saúde da cidade. 

Renato que trabalha na Rádio FM Vida não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu naquela unidade hospitalar. A cidade de Martins está de luto!


Nosso Paraná

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Homem é achado vivo 6 dias após sumir em avalanche no Himalaia

Soldado está em estado crítico, segundo autoridades.
Outros 9 desaparecidos foram encontrados mortos.

Da AFP
Operação de resgate de avalanche na região do Himalaia, na Índia (Foto: INDIAN DEFENCE MINISTRY / AFP )Operação de resgate de avalanche na região do Himalaia, na Índia (Foto: INDIAN DEFENCE MINISTRY / AFP )
 
Um soldado indiano foi encontrado e resgatado com vida seis dias após ser soterrado por uma avalanche na região do Himalaia, na Caxemira. Ele era um dos dez soldados que patrulhavam o Glaciar de Siachen, de mais de 5.000 metros de altitude.
"Na operação em curso em Siachen, um dos dez soldados sepultados (...) foi encontrado com vida", informou nesta segunda-feira o general D.S. Hooda. Em um comunicado, o general Hooda acrescentou que os outros desaparecidos foram encontrados mortos.

Identificado como Lance Naik Hanamanthappa, o soldado resgatado se encontra em estado crítico. As autoridades tentarão retirá-lo da montanha na terça de manhã para ser tratado em um hospital de Nova Délhi.

Segundo a imprensa local, o soldado foi encontrado debaixo de uma camada de pelo menos oito metros de neve, a uma altitude de 5.900 metros.

"Esperamos que o milagre continue", completou a nota.

As tropas indianas patrulham o Glaciar de Siachen, conhecido como o campo de batalha mais alto do mundo, na região da Caxemira. A soberania desse território é disputada por Índia e Paquistão.
Operação de resgate de avalanche na região do Himalaia, na Índia (Foto: INDIAN DEFENCE MINISTRY / AFP )
 
Operação de resgate de avalanche na região do Himalaia, na Índia (Foto: INDIAN DEFENCE MINISTRY / AFP

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Com o janeiro mais chuvoso desde 2011, metade dos reservatórios toma água no RN



O mês de janeiro foi o mais chuvoso dos últimos cinco anos, segundo levantamento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). E o resultado é que quase metade dos reservatórios potiguares recebeu recarga de água. Só a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, responsável pelo abastecimento de 34 cidades, recebeu 3,5 milhões de metros cúbicos (m³) e subiu 10 cm de lâmina.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Instituto de Gestão de Águas do RN (Igarn), 21 receberam recargas que variam de 1% a 20% de suas capacidades. O açude Beldroega em Paraú, que iria entrar no volume morto já no próximo mês, teve um aumento no volume de água em 20% (1,6 milhão de m³). Diante do aumento, mesmo que as chuvas cessem, o reservatório ainda terá água até o mês de setembro.

Pequenos reservatórios transbordaram. Em Jucurutu, os açudes das comunidades de Riachão e Boi Selado atingiram seu volume máximo e já estão desaguando em direção à Armando Ribeiro, que está atualmente com 20,40% de sua capacidade (489,5 milhões de m³). O mesmo acontece com o acúmulo de água na obra da barragem de Oiticica, hoje com 3 milhões de m³, que está atingindo um braço do Rio Piranhas e contribuindo para a cheia do maior reservatório do estado. Alguns reservatórios que entrariam em volume morto até junho deste ano, só chegarão a volume morto em dezembro. Isto significa que receberam recarga para durar mais 6 meses.

Fonte: Robson Pires

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ATLETA DE ANTÔNIO MARTINS OZIEL JOSE DA SILVA PARTICIPOU DA III MARATONA MOSSORÓ TIBAU DE 42KM COMO SEMPRE TEM SIDO DESTAQUE NA ELITE



Quem ver o esforço nos treinos de Oziel quando ele passa na avenida principal senador Joaquim Inácio de nossa cidade percebe sua vontade de vencer cada vês mais ,  por ultimo semana passada participou da  III Maratona de  Mossoró para  Tibau de 42 km   somente para atleta profissional e bem treinado  correu pela equipe de Tibau no ultimo dia 30/01/16 sendo uma das equipes vencedora  .

Oziel é um atleta determina-te , disciplinado  e respeitado por onde passa ,   cada dia ele vem alcançado  seus objetivos colecionado inúmeros títulos  em muitas cidades do RN.

Este ano ele vai participar da grande maratona de fortaleza onde reúne atletas  até  de fora do Brasil  estamos na torcida por este homem de fé , coagem e determinação um de seus sonhos é participar da são silvestre em SP

vamos ajuda ló a realizar este sonho ele merece
                                 Por irm zizi

                                       
                                          
 
veja vídeo da ultima corrida de 42km de Mossoró para Tibau onde ele aparece no final do vídeo com sua equipe Amarela
 
 










 

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Mulher de Lula comprou barco e pediu entrega em sítio, diz jornal

 

Em 2013, segundo a 'Folha de S. Paulo', ex-primeira-dama Marisa Letícia pagou R$ 4.126 reais por um barco de alumínio sem motor
Em 2013, segundo a ‘Folha de S. Paulo’, ex-primeira-dama Marisa Letícia pagou R$ 4.126 reais por um barco de alumínio sem motor

Uma compra feita pela ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva confirma a proximidade entre o ex-presidente Lula e o sítio Santa Bárbara, em Atibaia, cuja existência foi revelada por ‘Veja’ em abril do ano passado e que ontem Lula admitiu frequentar com a família “em dias de descanso”. Segundo informações publicadas hoje pelo jornal ‘Folha de S. Paulo’, Marisa comprou um barco em 2013 e deu como endereço de entrega aos vendedores o sítio na cidade do interior paulista.
O barco Squalus 600, modelo de seis metros de comprimento e sem motor da marca Levefort, foi comprado na loja Miami Náutica, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, por 4.126 reais, como mostra a nota fiscal e nome de Marisa obtida e publicada pelo jornal. A escritura de posse do sítio Santa Bárbara está em nome dos empresários Jonas Suassuna e Fernando Bittar – ambos sócios de Fábio Luís da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente. Suassuna e Bittar compraram o sítio em agosto de 2010, quatro meses antes de Lula deixar o cargo. Pagaram 1,5 milhão de reais pela propriedade.
Amigos e políticos, contudo, identificam o local como sendo do ex-presidente. ‘Veja’ revelou que, a pedido do próprio Lula, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro fez uma ampla reforma no local. A empreiteira é acusada pela Operação Lava Jato de ter desviado 6 bilhões de reais dos cofres da Petrobras.
O caminhoneiro José dos Reis, que fez a entrega do barco comprado por Marisa Letícia, relatou à Folha de S. Paulo que reconhecera o nome da ex-primeira-dama na nota fiscal. Ao questionar um funcionário do sítio conhecido como “Baiano” se o barco se destinava à mulher de Lula, Reis teria ouvido que sim, mas que não deveria “falar nada para ninguém”. Reportagem publicada ontem pela Folha de S. Paulo envolve mais uma empreiteira na reforma do sítio usado pelos Lula da Silva. A ex-dona de uma loja de materiais de construção e um prestador de serviço afirmam que a Odebrecht gastou cerca de 500.000 reais só em materiais para as obras.
À época da reforma, que teve início no fim de 2010, Patrícia era proprietária do Depósito Dias, loja que forneceu produtos para a reforma. “A gente diluía esse valor total em notas para várias empresas, mas para mim todas elas eram Odebrecht”, disse Patrícia, que também admitiu ter comercializado parte dos materiais sem registro fiscal.
Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: Veja

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Todos os vereadores de cidade em MG foram presos por corrupção

Foto: Reprodução/ Câmara Municipal de Centralina

Todos os nove vereadores de Centralina, cidade mineira com 10 mil habitantes, foram presos preventivamente por suspeita de corrupção. Os parlamentares são investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia por desvio de dinheiro público. De acordo com o Uol, todos os vereadores eleitos para legislatura que termina este ano fraudaram notas fiscais para justificar o recebimento de diárias de viagens que nunca foram feitas. Quatro edis foram presos há uma semana pela primeira etapa da investigação 'Viagem Fantasma' e renunciaram aos cargos: Eurípedes Batista Ferreira, o Baianinho (Pros), presidente da Câmara Municipal; Hélio Matias (PSL), primeiro secretário; Carla Rúbia (Solidariedade) e Roneslei do Carmo Soares (PR). O grupo foi ouvido e solto um dia após a prisão. Agora, os suspeitos cumprem prisão domiciliar. Os outros cinco foram detidos na manhã desta quinta-feira (28), durante a segunda etapa da operação: Ismael Pereira Peres (PT), vice-presidente da Casa; Rodrigo Lucas (Solidariedade), segundo secretário; Wandriene Ferreira de Moura (PR), Sônia Martins de Medeiros Rosa (PP) e Cleison Vieira (PDT). Estes últimos serão encaminhados para o presídio Professor Jacy de Assis, em Uberlândia. Um servidor da câmara e um ex-vereador, que hoje atua como advogado, também foram presos na operação. Outros 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Segundo o Ministério Público, os suspeitos cometeram associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A Câmara está em recesso e deve retornar aos trabalhos com os vereadores suplentes.
 
 

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

O SENHOR ZÉ NETO QUE ESTAVA SUMIDO FOI ENCONTRADO NO SITIO BURACOS

                                                              
 
O senhor José Joaquim de Oliveira Neto, conhecido por ZÉ NETO, que estava desaparecido na cidade de Antônio Martins, foi encontrado ontem a noite 27/01 por volta das 7;30  , em um matagal  com o pé quebrado e teve que vim para o HOSPITAL que em seguida foi encaminhado para pau do ferros  para ortopedia , o mesmo foi encontrado próximo a uma antiga residência  no sitio Buracos desorientado  zona de Antônio Martins , ele  tem problemas de saúde e cuidados especiais toda  família agradece a todos pelo empenho em encontra-lo.